Adestramento

Curso de Adestramento

como lavar as orelhas dos cachorros

Como lavar as orelhas dos cachorros

Todos sabemos que os cães possuem a audição bem apurada, não é mesmo? É muito importante saber lavar as orelhas dos cachorros.

Já reparou que alguns pets parecem sofrer demais por causa disso? Vou te deixar algumas orientações para cuidar bem da higiene do seu cãozinho, para que ele fique sempre saudável.

como lavar as orelhas dos cachorros

Otite - Cuidados na lavagem das orelhas dos cães

Uma doença muito comum do sistema auricular é a Otite. Geralmente ocasionada pela infestação de fungos e bactérias e pelo excesso de cera no ouvido. Mantermos nossos bichinhos de estimação sempre bem limpinhos é um passo fundamental para que eles não sofram com esse problema.

Mesmo assim, alguns animais possuem as orelhas mais compridas e caídas, sendo comum inclusive as molharem quando bebem água. Desta forma, apesar de sempre darmos atenção à limpeza, se não tivermos alguns cuidados básicos, alguma situação um pouco mais crítica poderá ocorrer.

Como lavar as orelhas dos cachorros

Evite o uso de objetos que podem machucá-los, como cotonetes e pinças. Entenda que o canal auditivo possui um formato curvo, sendo assim esses instrumentos podem ocasionar alguma sensação desagradável ao seu cão.

Os ouvidos dos cachorros já fazem o trabalho de expulsar o excesso de cera criado, desta forma, não é necessário, assim como é desaconselhável invadir o interior da orelha do cão para tentar limpar.

Para lavar as orelhas dos cachorros, basta nosso próprio dedo higienizar a área que podemos enxergar. Com nosso tato e visão evitamos qualquer possível lesão, o que faria piorar qualquer situação.

De início pode ser que seu cão estranhe, fique um pouco agitado, mas nada mais é do que um costume. Com o decorrer do tempo todo esse trato, será considerado como um carinho. É claro que se você quiser premiá-lo com uma recompensa após ao término, com certeza será bem-vindo.

Complementado a explicação, nem precisa dizer para secar bem as orelhas e ouvidos após o banho. E fique de olho se seu pet costuma se molhar na chuva.

Se perceber excesso de cera na região das orelhas do seu cachorro ou até mesmo alguma secreção for expelida, não deixe de o levar a um médico veterinário. Qualquer inflamação ou doença quando é diagnosticada no início, é muito mais fácil e barato de se tratar.

Cuide sempre bem do seu amiguinho e caso queira se aperfeiçoar nos cuidados, sugiro ler e conhecer nosso programa PET SAUDÁVEL ou caso queira se aprofundar um pouco mais nos tratos de saúde dos bichinhos, temos também um curso de AUXILIAR DE VETERINÁRIO.

São opções bacanas tanto para um cuidado mais aprofundado, seja dentro de casa ou como uma alternativa profissional.

dicas-para-o-adestramento-de-caes

Dicas para o adestramento de Cães

Você sabia que o adestramento de cães está ao alcance de todos?

Chega da cara feia e reclamação dos outros, vou te dar aqui algumas dicas para controlar seu bichinho.

É claro que se o seu cão for um filhote, talvez seja um pouco mais fácil, no entanto, saiba que independente da idade e raça, é sim possível adestrar com alguns minutos por dia.

Você é o líder, o adestrador!

Uma dica muito valiosa, é demonstrar para seu cão que é você quem manda. Ao menor sinal de fraqueza e insegurança ele não te respeitará, talvez queira apenas bagunçar, desta forma não teremos a eficácia que procuramos.

Seja duro, firme, não ceda às brincadeiras no meio de algum processo… sim, eu sei que não é fácil, afinal nosso querido amigo mexe direto no nosso coração, mas lembre-se que o foco agora é adestrar e fazer ele se comportar melhor, tenha sempre isso em mente.

Comunicação no adestramento de cães

Não confunda ser firme e objetivo ao passar os comandos com dar bronca e gritar, são coisas completamente diferentes. Além do que poderá ser interpretado de forma errada pelo cão.

No início do processo o animal não vai entender as orientações, ele não sabe que está numa espécie de “escola”, será normal ele não te respeitar, mas não desista, corrija-o!

Justamente neste ponto que você é quem tem que ser forte, tenha paciência de repetir os comandos diversas vezes, logo de cara não vai dar certo.

Caso ele pule querendo brincar e pedindo carinho, resista à tentação e pratique por mais um pouco, entretanto não force demais. Uma dica de adestramento de cães é curtir a atividade, de forma que não fique cansativa e exaustiva tanto para você como para seu pet.

Xixi e cocô no lugar certo

Mostre para seu cão o local certo para ele fazer as necessidades. Escolha um lugar diferente de onde ele come e dorme, demarcando-o com um tapete higiênico ou outro tipo de cobertura.

Geralmente os cães costumam rodear e cheirar o local, aliado ao horário, logo você identificará mais ou menos o momento certo para levá-lo até o lugar escolhido.

Faça esse procedimento quantas vezes for preciso, até que ele entenda a mensagem, se possível dê a ele um elogio ou guloseima. Quando ele age corretamente, merece uma recompensa, isso ajudará seu cachorro a aprender mais rápido.

No início será um jogo de paciência, mas no final fará toda a diferença e será a primeira vitória para você, o adestrador.

Cão que mastiga tudo

É de certa forma natural os filhotes quererem mastigar tudo que encontram. Porém se não os educarmos, não haverá casa nem apartamento de pé para contar história e talvez seja por isso mesmo que você leu até aqui, não é mesmo?

Em primeiro lugar, preste atenção se você não o está incentivando a morder sua mão nas brincadeiras, isso é comum ocorrer. Caso seja isso, pare imediatamente.

Geralmente os cães mordem por incentivo de seus cuidadores, entretanto pode ser também por questões fisiológicas, principalmente quando são filhotes, em função do crescimento dos dentes.

A causa mais comum e geralmente mais traumática para os donos, é por questões comportamentais, seu cãozinho quer apenas chamar atenção.

Para evitar de encontrar seu sofá rasgado, seu chinelo comido e as portas arranhadas, é primordial ensiná-lo a se comportar.

Reclame em tom firme, ignore qualquer gracinha que ele faça por pelo menos uns dez minutos, para evitar isso, dê a ele aquilo que esteja liberado para mastigar como ossos e brinquedos específicos para esse fim.

Adestramento de Cães

Essas dicas são básicas, servem para termos um certo controle sobre o comportamento mais trivial de nossos cães, todavia é capaz que seja necessário algum tipo de acompanhamento mais profissional.

A boa notícia é que além de existirem profissionais qualificados para o adestramento em muitas partes do país, hoje em dia nós mesmos podemos nos aperfeiçoar de forma muito efetiva, com resultados comprovados.

Existem cursos totalmente online que conseguem praticamente “pegar na nossa mão” e nos guiar em todos os processos de um adestramento, sendo capazes de resolver todos os problemas do dia a dia.

Caso seja do seu interesse, sem compromisso algum, te convido a conhecer um pouco mais sobre o assunto, através do curso que disponibilizamos, o ADESTRAMENTO DESCOMPLICADO.

Além desse curso temos outros relacionados a alimentação natural para cães e o programa PET SAUDÁVEL.

Navegue em nosso site, temos artigos informativos e cursos para te ajudar no que for preciso.